header-logo

Comunicações de marketing orientadas por inteligência artificial

Isenção de responsabilidade: o texto conforme exibido abaixo foi traduzido automaticamente de outro idioma usando uma ferramenta de tradução de terceiros.


Busca por crédito pelas MPMEs cresce mais de 400% no primeiro semestre

Aug 26, 2021 7:05 PM ET

O número de micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) que buscaram crédito no primeiro semestre de 2021 cresceu 435% em relação ao mesmo período de 2021, segundo levantamento interno da Capital Empreendedor, plataforma de crédito que conecta o empreendedor a mais de 300 instituições financeiras.

Uma análise sobre o Relatório Semanal de Juros do Banco Central a partir de seis diferentes modalidades de crédito pré-fixadas: antecipação de recebíveis de cartão de crédito; capital de giro com prazo de até 365 dias; capital de giro com prazo superior a 365 dias; cheque especial; conta garantida; e desconto de duplicatas, mostra também que houve, no primeiro semestre deste ano, um aumento de 6,3% no saldo de crédito com recursos livres a empresas.

Na Capital Empreendedor, nos seis primeiros meses do ano, a região que mais buscou por crédito digital foi a Sudeste, com uma elevação de 61,15%, seguida por Nordeste (13,86%) e pela região Sul (12,09%). Entre as cidades, destaque para São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas
(SP). Por segmento, a ênfase fica com Restaurantes, Lanchonetes e Similares e com o Comércio Varejista de Artigos do Vestuário e Acessórios.

Para Juliano Graff, presidente da Capital Empreendedor, o aumento da busca por crédito pelas micro, pequenas e médias empresas refletem a expectativa dos empreendedores na melhora do cenário econômico. “À medida que a vacinação contra a Covid-19 avança e as restrições impostas pela pandemia diminuem, os empresários começam a enxergar que há uma melhor perspectiva tanto para a economia, como para o crescimento dos negócios. Outro indicador muito importante é a de geração de empregos, especialmente nas MPMEs, que vem crescendo mês a mês”, afirma. “Este é um momento muito oportuno para o empreendedor tomar crédito”, complementa Graff. Para o executivo, uma alternativa mais acessível e segura para as empresas é o Capital de Giro com prazo de pagamento acima de 365 dias, para equilibrar a saúde financeira e minimizar os impactos causados pela pandemia em seus negócios.

Dados trimestrais

A Capital Empreendedor também fez o levantamento trimestral de busca por crédito. No segundo trimestre de 2021, houve elevação de 419% no número de empreendedores interessados em tomar crédito quando comparado ao segundo trimestre do ano passado. Já na comparação com o trimestre imediatamente anterior, o crescimento foi de 57%.

Por regiões, destaque para o Sudeste, com aumento de 31,21%, seguido pelo Nordeste, com crescimento de 12,66%, e do Sul, com 12,10%. Empresários dos segmentos de Restaurantes, Lanchonetes e Similares e do Comércio Varejista de Artigos de Vestuário e Acessórios também
são a maioria na procura por crédito no trimestre.


iCrowdNewswire
Tags:   Portuguese, Wire