header-logo

Comunicações de marketing orientadas por inteligência artificial

Usinas da Paraíba aumentam produção de etanol anidro em 16%

Aug 17, 2021 7:10 PM ET

Segundo dados atualizados do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool no Estado da Paraíba (Sindalcool-PB), a safra 2020/2021 da cana-de-açúcar aumentou a produtividade no estado. Para este período, a produção de etanol anidro, aquele adicionado à gasolina bruta, deverá ser de 210 milhões de litros, o que representa um aumento percentual de 16% em relação aos levantamentos anteriores.

O presidente do Sindalcool-PB, Edmundo Barbosa, destacou o conforto que o aumento da produção de anidro representa para o mercado interno. “As usinas da Paraíba têm responsabilidade e compromisso com o abastecimento nacional nesse contexto de maior demanda do etanol anidro para a produção da gasolina”, disse Barbosa.

O aumento da produção se dá em condições mercadológicas nas quais há uma maior demanda para o anidro em razão da defesa de mercado criada com a proibição das importações sem o respectivo imposto. De acordo com Barbosa, a alta da cotação do dólar americano também favorece, neste momento, as usinas do Brasil.

O executivo também explicou as causas dos preços elevados do etanol neste momento. “Os preços do etanol sofreram majorações porque nesta região as usinas pagam os preços mais elevados do Brasil na cana-de-açúcar. Cerca de 67% da cana processada é adquirida de produtores rurais na Paraíba, além de encargos previdenciários pagos pelas usinas sobre a cana vendida pelos produtores rurais e dos custos de transporte e carregamento. Todos os custos industriais e insumos para as usinas tiveram aumentos sucessivos fora das expectativas nos últimos dois anos”, explicou Edmundo.

A adição do etanol anidro na gasolina é obrigatória e apresenta vantagens para o consumidor. De acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), os principais benefícios do anidro são o aumento da octanagem da gasolina – o que permite que o motor tenha mais potência -, o aumento da lubrificação do veículo e a redução da emissão de poluentes na atmosfera.

Só em 2020, o etanol anidro evitou a emissão de 214.845 mil toneladas de CO2eq na Paraíba, visto que a venda total de gasolina comum registrada no estado no ano passado foi de cerca de 622 milhões de litros.

O Sindalcool-PB também destaca que o etanol, seja hidratado ou anidro, é renovável, sustentável e limpo. Quando o biocombustível substitui a gasolina, gera 90% menos de emissão de dióxido de carbono (CO2), o que torna o ar mais limpo e dá mais qualidade de vida.


iCrowdNewswire
Tags:   Portuguese, Wire