header-logo

Comunicações de marketing orientadas por inteligência artificial

Pesquisa mostra principais meios de atuação do psiquiatra

Aug 17, 2021 7:10 PM ET

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1 a cada 100 mortes são causadas por suicídos. O psiquiatra é o profissional da saúde mental que salva incontáveis vidas do suicídio por meio de seus tratamentos. Mas a OMS frisa que a atuação do psiquiatra não se dá somente dentro de serviços de urgência e emergência, mas também em contextos ambulatoriais e em consultórios particulares.

Diante de uma circunstância tão difícil para a saúde mental que todos estão vivendo por conta da pandemia, conhecer a forma de atuação de um psiquiatra é muito importante. Uma pesquisa da FIOCRUZ Bahia em parceria com FIOCRUZ Brasília denominada “Impacto Social do Confinamento pelo Surto de Coronavírus Covid-19 na América Latina – Brasil” , apontou que 40% das cerca de 15 mil pessoas participantes relataram, neste contexto de pandemia, que se sentem aborrecidos ou irritados; nervosos, ansiosos ou tensos; preocupados com diversas coisas; ou com dificuldade para relaxar. Todos esses sintomas fazem parte da área de atuação do trabalho do psiquiatra.

Diante disso, a fundadora da Clínica Psiquiátrica Cleuza Canan, a psicóloga Cleuza Canan, irá explicar mais sobre essa a profissão da psiquiatra e o seu papel dentro da promoção da saúde mental, prevenção e tratamento de transtornos psíquicos.

Qual a diferença entre psiquiatra e psicólogo?

Um psiquiatra é um médico especializado no tratamento de distúrbios mentais. Como os psiquiatras possuem um diploma médico e são treinados na prática da psiquiatria, eles são um dos poucos profissionais no campo da saúde mental capazes de prescrever medicamentos para o tratamento de problemas de saúde mental. Assim como um médico generalista, um psiquiatra pode realizar exames físicos e prescrever testes diagnósticos, além de, em alguns casos, estar apto para conduzir sessões de psicoterapia.

Os psiquiatras podem trabalhar como parte de uma equipe de saúde mental, frequentemente emitindo pareceres solicitados por médicos de atendimento primário, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais e enfermeiros psiquiátricos.

Os psiquiatras também trabalharão com – mas não devem ser confundidos com – psicólogos. Os psicólogos são profissionais graduados em psicologia, um curso superior que demora de 5 a 6 anos para ser concluído. Eles são especialistas em psicoterapia, atuando em várias vertentes. Por exemplo, os psicólogos da Clínica Psiquiátrica Cleuza Canan são especialistas nas técnicas de terapia cognitiva-comportamental (TCC), a que possui mais evidências científicas para o tratamento dos transtornos mentais.

Um ponto comum entre os psiquiatras e os psicólogos é que ambos orientam suas condutas diagnósticas por meio do Manual de Diagnóstico e Estatística de Distúrbios Mentais (DSM-5) emitido pela Associação Psiquiátrica Americana e da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID-10), emitida pela OMS.

As atuações do psiquiatra

Os psiquiatras são os principais médicos da saúde mental. Entre suas principais responsabilidades estão o diagnóstico e tratamento dos transtornos mentais como, por exemplo, transtornos de ansiedade, depressão, esquizofrenia, transtornos mentais da infância e adolescência (transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade – TDAH, transtorno do espectro autista), entre outros.

Assim, os psiquiatras usam uma variedade de técnicas para determinar se os sintomas de uma pessoa são psicológicos, o resultado de uma doença física, ou uma combinação de ambos. Isto exige que o psiquiatra tenha um forte conhecimento de medicina geral, psicologia, neurologia, biologia, bioquímica e farmacologia.

Talvez mais do que qualquer outro médico, os psiquiatras são habilitados nas relações médico-paciente e treinados para usar psicoterapia e outras técnicas de comunicação terapêutica para diagnosticar e monitorar qualitativamente as condições mentais. O tratamento pode ser feito em regime ambulatorial ou em regime de internação em um hospital psiquiátrico.

Os tipos de distúrbios mentais são de grande alcance. Alguns dos tipos mais conhecidos são:

Transtornos de ansiedade
Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)
Transtornos alimentares, incluindo anorexia nervosa (AN), transtorno de compulsão alimentar periódica e bulimia nervosa
Transtornos de humor, incluindo transtorno bipolar, transtorno depressivo maior e transtorno de humor induzido por substâncias
Transtornos de personalidade
Desordens psicóticas, incluindo esquizofrenia
Dependências químicas (uso de álcool, tabaco, cocaína, maconha e outras drogas)

Especialização em procedimentos

A psiquiatria está situada em um meio termo entre a psicologia (o estudo do comportamento e da mente) e a neurologia (o estudo do cérebro e do sistema nervoso). Na prática, um psiquiatra considerará os sintomas das condições de saúde mental de duas maneiras:

Avaliando o impacto de uma doença, trauma físico ou uso de substâncias sobre o comportamento e o estado mental de uma pessoa
Analisando sintomas associados ao histórico de vida de uma pessoa e/ou eventos ou condições externas (tais como trauma emocional ou abuso)

A abordagem, conhecida como modelo biopsicossocial, requer que o psiquiatra utilize múltiplas ferramentas para fazer um diagnóstico e dispensar o tratamento adequado. Nesse sentido, uma das ferramentas mais poderosas à disposição do psiquiatra é o exame do estado mental. Trata-se de uma forma estruturada de observar e avaliar a função psicológica de uma pessoa sob a perspectiva de atitude, comportamento, cognição, julgamento, humor, percepção e processos de pensamento.

Dependendo da condição presumida, o psiquiatra utiliza uma variedade de testes psicológicos para estabelecer a presença de sintomas característicos do transtorno e avaliar sua gravidade. Com base nos resultados, o psiquiatra adota os critérios ou do DSM-5 ou do CID-10 para conferir se os sintomas satisfazem os critérios diagnósticos para o distúrbio mental em questão.

De fato, o trabalho do psiquiatra é muito vasto e importantíssimo para a sociedade como um todo. No blog da Clínica Cleuza Canan há conteúdos informativos sobre saúde mental. Neste sentido, há um artigo que elucida como são feitos os tratamentos pelo médico psiquiatra:


iCrowdNewswire
Tags:   Portuguese, Wire