header-logo

Comunicações de marketing orientadas por inteligência artificial

Carros elétricos apresentam vantagens do ponto de vista ambiental

Aug 13, 2021 7:10 PM ET

O futuro provavelmente pertence ao carro elétrico à bateria, eles devem iniciar a recuperação da energia no transporte, aliviar o meio ambiente de emissões prejudiciais e garantir a mobilidade individual na sociedade. Por isso, os fabricantes de automóveis já têm os olhos postos em dizer adeus à tecnologia de acionamento clássica. A Volvo é uma das fabricantes que pretende produzir exclusivamente carros elétricos até 2030, enquanto a fabricante americana GM planeja oferecer apenas carros de passageiros com emissão zero a partir de 2035. BMW, Daimler e VW também estão apostando no cartão elétrico, a empresa com sede em Wolfsburg quer atingir mais de 40% do total das vendas na Europa com carros elétricos até 2030.

Nos últimos anos, os especialistas frequentemente discordam sobre os métodos, base de dados e fatores que influenciam a questão sustentável dos veículos elétricos. Os carros elétricos não são necessariamente salvadores da mobilidade favorável ao clima. “Um e-car livre de emissões tem inicialmente um registro totalmente limpo – sem dióxido de carbono, sem partículas e sem óxidos de nitrogênio. Mas, os veículos só são livres de emissões quando estão sendo conduzidos, ou seja, emissões de CO2 e o consumo de matérias-primas como lítio, cobalto e a platina necessários na construção de motores elétricos e baterias impactam negativamente o equilíbrio ecológico”, explica Peter Paul Ruschin, chefe do Departamento de Sustentabilidade da DEKRA, empresa alemã de segurança e sustentabilidade. Como aborda o especialista, o descarte de baterias também acaba na conta de custo, mais cedo ou mais tarde. No entanto, já existem empresas de reciclagem na Alemanha que recuperam mais de 90% dos materiais recicláveis de baterias descartadas.

Em última análise, outra posição crítica são as emissões de CO2 geradas na estação de carregamento de eletricidade. É verdade que a eletricidade verde pode ser reabastecida na caixa de alimentação doméstica ou na estação de carregamento pública e muitos fornecedores de eletricidade usam certificados ecológicos para garantir que a energia venha de uma produção renovável. No entanto, não há uma rede dedicada para eletricidade verde. O que flui através do cabo de carregamento da rede elétrica para a bateria do carro elétrico é, portanto, uma mistura de eletricidade verde e eletricidade de fontes de energia não renováveis. Quanto maior a proporção de eletricidade limpa, melhor é para o equilíbrio ecológico do carro elétrico.

Segundo a Agência de Rede Federal Alemã, existem atualmente cerca de 36.000 pontos de recarga padrão e 6.000 pontos de carregamento rápido. Com isso, a infraestrutura para carregar carros elétricos está crescendo rapidamente. O governo alemão introduziu uma lei que estipula a construção de 1.000 centros de abastecimento rápido até 2023, que tornará possível a carga de mais de 150 quilowatts. Com especialistas qualificados, a DEKRA já atua na Europa e está à disposição no Brasil para a inspeção de estações de recarga desses veículos elétricos, garantindo a segurança elétrica dos usuários, equipamentos e estrutura. Além disso, a companhia realiza a avaliação de compatibilidade eletromagnética e a verificação de que os postos estão em conformidade com o padrão da União Europeia.

 


iCrowdNewswire
Tags:   Portuguese, Wire