header-logo

Comunicações de marketing orientadas por inteligência artificial

Capacitação em agricultura digital se torna essencial para potencializar ganhos no campo

Aug 13, 2021 7:10 PM ET

A demanda crescente por soluções inovadoras e tecnológicas no campo tem aumentado cada vez mais: segundo pesquisa da consultoria McKinsey & Company, a preferência por canais digitais para compras agrícolas, por exemplo, passou de 36% para 46% em um ano. Com isso, também cresce a necessidade de qualificação da mão de obra que atua no setor.

Empresas de vários segmentos do ramo agrícola têm buscado não só ampliar o acesso às ferramentas como também investem em capacitação para explorar ao máximo o potencial de novas soluções, segundo Rogério Colombo, gerente de marketing da distribuidora de insumos agrícolas Cimoagro.

A própria empresa é um exemplo, já que decidiu capacitar 140 de seus colaboradores em agricultura 4.0 através de uma parceria com a Universidade FieldView — programa de qualificação da Climate FieldView™, plataforma de agricultura digital da Bayer, focado em capacitar profissionais ministrado em parceria com a consultoria de negócios Markestrat Group.

O intuito é que os líderes, equipe comercial e todo time de AGDs (Agentes Geradores de Demanda) compreendam as funcionalidades e informações disponibilizadas pela ferramenta, e saibam traduzir para os clientes como o agro 4.0 pode elevar a produtividade e rentabilidade na lavoura a um novo nível, segundo Colombo.

“Para se diferenciar no mercado, sabemos que é preciso ir além da simples transação de preço, produto e prazo. É preciso fornecer ao cliente outras experiências dentro da sua jornada”, afirma o gerente da distribuidora com sede em Itápolis (SP) e atuação nas culturas de soja, milho, citrus, café, cana-de-açúcar e hortifrúti.

Apesar da digitalização do campo ter ganhado velocidade com a pandemia, esse processo já existe no agronegócio há anos. Desde 2019, a Cimoagro tem um braço de prestação de serviços aos clientes na área de tecnologia chamado Cimotech e conta com uma série de ferramentas e serviços, como o mapeamento da área agrícola por drones, além de projetos pilotos com o FieldView em diversas culturas e clientes.

Um dos pontos fortes da transformação digital no meio agrícola é a capacidade de ajudar o produtor a produzir cada dia mais, na mesma área, de forma sustentável e com a melhor rentabilidade possível. A criação da Universidade FieldView teve esse fator como premissa, focada em facilitar a transformação digital do agronegócio brasileiro, afirma Ivana Amaral, gerente de engajamento e conhecimento da Climate FieldView™ para a América Latina.

“Queremos qualificar cada vez mais quem trabalha no campo. A transformação digital já chegou e está se acelerando a cada dia. A Universidade FieldView é uma iniciativa importante não só para ampliar o acesso e o conhecimento a agricultura digital, mas para ajudar a mostrar que ela é necessária, viável e que o agricultor não está sozinho nesse processo”, finaliza.


iCrowdNewswire
Tags:   Portuguese, Wire