header-logo

Comunicações de marketing orientadas por inteligência artificial

Isenção de responsabilidade: o texto conforme exibido abaixo foi traduzido automaticamente de outro idioma usando uma ferramenta de tradução de terceiros.


Capacitação em agricultura digital se torna essencial para potencializar ganhos no campo

Aug 13, 2021 7:10 PM ET

A demanda crescente por soluções inovadoras e tecnológicas no campo tem aumentado cada vez mais: segundo pesquisa da consultoria McKinsey & Company, a preferência por canais digitais para compras agrícolas, por exemplo, passou de 36% para 46% em um ano. Com isso, também cresce a necessidade de qualificação da mão de obra que atua no setor.

Empresas de vários segmentos do ramo agrícola têm buscado não só ampliar o acesso às ferramentas como também investem em capacitação para explorar ao máximo o potencial de novas soluções, segundo Rogério Colombo, gerente de marketing da distribuidora de insumos agrícolas Cimoagro.

A própria empresa é um exemplo, já que decidiu capacitar 140 de seus colaboradores em agricultura 4.0 através de uma parceria com a Universidade FieldView — programa de qualificação da Climate FieldView™, plataforma de agricultura digital da Bayer, focado em capacitar profissionais ministrado em parceria com a consultoria de negócios Markestrat Group.

O intuito é que os líderes, equipe comercial e todo time de AGDs (Agentes Geradores de Demanda) compreendam as funcionalidades e informações disponibilizadas pela ferramenta, e saibam traduzir para os clientes como o agro 4.0 pode elevar a produtividade e rentabilidade na lavoura a um novo nível, segundo Colombo.

“Para se diferenciar no mercado, sabemos que é preciso ir além da simples transação de preço, produto e prazo. É preciso fornecer ao cliente outras experiências dentro da sua jornada”, afirma o gerente da distribuidora com sede em Itápolis (SP) e atuação nas culturas de soja, milho, citrus, café, cana-de-açúcar e hortifrúti.

Apesar da digitalização do campo ter ganhado velocidade com a pandemia, esse processo já existe no agronegócio há anos. Desde 2019, a Cimoagro tem um braço de prestação de serviços aos clientes na área de tecnologia chamado Cimotech e conta com uma série de ferramentas e serviços, como o mapeamento da área agrícola por drones, além de projetos pilotos com o FieldView em diversas culturas e clientes.

Um dos pontos fortes da transformação digital no meio agrícola é a capacidade de ajudar o produtor a produzir cada dia mais, na mesma área, de forma sustentável e com a melhor rentabilidade possível. A criação da Universidade FieldView teve esse fator como premissa, focada em facilitar a transformação digital do agronegócio brasileiro, afirma Ivana Amaral, gerente de engajamento e conhecimento da Climate FieldView™ para a América Latina.

“Queremos qualificar cada vez mais quem trabalha no campo. A transformação digital já chegou e está se acelerando a cada dia. A Universidade FieldView é uma iniciativa importante não só para ampliar o acesso e o conhecimento a agricultura digital, mas para ajudar a mostrar que ela é necessária, viável e que o agricultor não está sozinho nesse processo”, finaliza.


iCrowdNewswire
Tags:   Portuguese, Wire