header-logo

Comunicações de marketing orientadas por inteligência artificial

Doação de mapas à Pinacoteca e CEUs paulistanos reforça o valor da mídia impressa como ferramenta de educação

Aug 9, 2021 7:05 PM ET

A Koenig & Bauer Brasil, a mais antiga fabricante de sistemas de impressão do mundo, irá doar o mapa “The Age of Discovery” – uma obra de arte que levou mais de 300 horas para ser desenhada pelo artista Francisco Stein – para a Biblioteca Walter Wey, Centro de Documentação e Memória, da Pinacoteca de São Paulo; para 58 bibliotecas dos CEUs (Centro Educacional Unificado) da cidade de São Paulo; e para oito instituições dos municípios de Suzano (SP) e Sorocaba (SP).

Em conjunto com a Emibra, gráfica parceira desse projeto, foram impressos 2 mil mapas que contam a história das Grandes Navegações entre o período de 1340 a 1600.

O diretor geral da Koenig & Bauer Brasil, Paulo Faria, relembra como nasceu o projeto que, entre vários aspectos, pode ser uma ferramenta diferenciada de educação. “Navegando em uma rede social acabei assistindo o vídeo do Francisco Stein sobre essa arte quase esquecida. Rapidamente fiz uma conexão com o trabalho que desenvolvemos na Koenig & Bauer, uma companhia que tem a tradição de imprimir mapas há mais de 200 anos. Passou um filme na minha cabeça, lembrei-me da transição das artes gráficas para a indústria gráfica e vi neste projeto a possibilidade de resgatar e valorizar a importância do artista e do meio impresso”, recorda.

“É uma arte que leva de 300 a 600 horas para ficar pronta. Do outro lado, reproduzimos de maneira fidedigna 20 mil impressões em uma hora com nossas máquinas. É a velocidade e a tecnologia das impressoras Koenig & Bauer a favor da arte e da história”, diz Faria.

A era da indústria 4.0 chegou definitivamente no mercado gráfico, mas o artista não pode ser esquecido. “Parei para pensar na importância da cartografia na vida das pessoas atualmente, que passaram a ter um hobby antigo com a impossibilidade de viajar por causa da pandemia. Muitos voltaram a colecionar mapas e marcar com pins lugares onde querem visitar”, observa Faria.

A Emibra, localizada em Suzano – SP, atua há mais de 47 anos no ramo gráfico por meio da produção de embalagens em papel cartão e será a responsável pela impressão dos mapas. “Recebemos o convite, entendemos o belíssimo trabalho do artista na produção de mapas artesanais que contam décadas de história e não poderíamos ficar de fora deste evento. Fizemos questão de envolver instituições da nossa cidade, com a doação desse material para a Biblioteca Municipal de Suzano e para as ONGs que apoiamos”, conta Danilo Braghiroli, CEO da Emibra.

E o artista, peça-chave na criação dos mapas, comemora o reconhecimento. “Estou muito feliz, afinal ter um mapa impresso por uma máquina da Koenig & Bauer é motivo de orgulho e honra. A iniciativa certamente abrirá caminhos especialmente na área da educação”, acredita Francisco Stein.

A empresa Suzano Papel e Celulose doou o papel que será utilizado para a impressão dos mapas.

O “The Age of Discovery”, assinado por Francisco Stein, é uma reprodução de um mapa de 1911 sobre as Grandes Navegações e sobre este momento histórico, intitulado pelo artista como “Primeira Globalização”.
Retrata, por meio de contornos, acidentes geográficos, figuras, desenhos e escritas a história dos principais navegadores na época das Descobertas.


iCrowdNewswire
Tags:   Portuguese, Wire